sábado, 19 de abril de 2014

MINHA VISÃO DO DEPARTAMENTO DE TEOLOGIA SISTEMÁTICA NUM SEMINÁRIO REFORMADO

Dr. Robert L. Reymond (1932-2013)
Robert L. Reymond
Teologia Sistemática é aquele estudo metodológico da Bíblia, que vê as Sagradas Escrituras como uma revelação completa em distinção da disciplina da Teologia Bíblia, que aborda a Escritura como uma revelação a se desdobrar. Em geral, o teólogo sistemático, em seu tratamento das Escrituras, procura entender o plano, o propósito e a intenção didática da mente divina, conforme revelada holisticamente da Sagrada Escritura, e arranjar esse plano, propósito e intenção didática de modo coerente e organizado na forma de artigos da fé cristã. É evidente que o sistemático que ensina estudantes para o ministério em igrejas reformadas, como a Presbyterian Church in America (PCA) possui responsabilidades adicionais. Elaborarei abaixo o que quero dizer.

Um seminário reformado que pretenda preparar homens para a ordenação na PCA precisa estar seguro que seu curso oferecido ajudará o candidato ministerial a conhecer os requerimentos do Currículo Uniforme da PCA. Estudantes que pretendem servir na igreja evangélica em geral serão, é claro, grandemente ajudados pelo mesmo padrão curricular. Consequentemente, o departamento de teologia sistemática de um seminário deve oferecer cursos que cubram, como partes integrais do corpo de verdade sagrada das Escrituras, os seguintes loci teológicos da própria Escritura: Escritura (incluindo hermenêutica), Deus, o Ser Humano, Cristo, Salvação, a Igreja e as Últimas Coisas. Também está incluído no âmbito do departamento a articulação do padrão cristão de vida (Ética Pessoal e Social) e a apresentação cristã da verdade àqueles de fora da igreja (Apologética). Todas as ofertas de curso do departamento devem proceder de um profundo e inabalável compromisso com as Santas Escrituras como a inerrante e inspirada Palavra de Deus, a única regra infalível de fé e vida, e à Confissão de Fé de Westminster e aos Catecismos Maior e Breve como a mais acurada síntese confessional extra-bíblica, e a melhor interpretação, exposição e exibição dos dados do sistema de doutrina e ensinamentos das Santas Escrituras. Com esta base sublinhando-os, os cursos do departamento devem ser projetados para prover o estudante com oportunidades de crescimento e desenvolvimento nas seguintes áreas de entendimento, habilidades e atitudes:

Entendimento
As ofertas de curso do departamento de Teologia Sistemática devem ser planejadas para prover o estudante com um entendimento das seguintes áreas teológicas:

  1. Os principais loci e as doutrinas cardeais da teologia cristã como reunidas na Sagrada Escritura. Isso significa que o estudante deve receber na sala de aula, sem nenhuma mudança no conteúdo (apenas na maneira da apresentação) material que possa ser pregado e ensinado.
  2. A fé histórica da igreja antiga e a maneira pela qual a igreja articulou e expressou a sua fé através de símbolos e credos como: o Credo Apostólico, o Credo Niceno, Credo Niceno-Constantinopolitano, a Definição de Calcedônia e o assim chamado Credo Atanasiano.
  3. A natureza distintiva, a riqueza e a beleza da Fé Reformada como sendo o ensinamento da Santa Escritura, como interpretada, exposta e exibida nas Institutas da Religião Cristã de João Calvino, além das grandes confissões reformadas, particularmente a Confissão de Fé de Westminster e os Catecismos Maior e Breve.
  4. A ortodoxia reformada e a sua validade como a única expressão contemporânea plenamente viável de ortodoxia bíblica.
  5. Os principais temas da teologia contemporânea e do confessionalismo reformado.
  6. Os temas filosóficos, ideológicos e religiosos do pensamento contemporâneo onde eles afetam o conteúdo do evangelho cristão, a proclamação cristã do evangelho e o ensinamento cristão a respeito do evangelho.
Habilidades
As ofertas de curso do departamento também devem ser designadas para proporcionar ao estudante as oportunidades de cultivar as seguintes habilidades:

  1. A capacidade de extrair o ensinamento da Sagrada Escritura, através da arte hermenêutica do método exegético histórico-gramatical, e a síntese de várias partes do todo do ensino da Escritura sobre qualquer assunto.
  2. A habilidade de enxergar sistematicamente artigos individuais da fé cristã, tanto como distintos em si mesmos como também em relação ao corpo completo da doutrina cristã.
  3. A capacidade de analisar tratados teológicos de cada período da história da igreja, a partir da perspectiva da Sagrada Escritura e da Fé Reformada.
  4. A habilidade para reconhecer e avaliar tendências contemporâneas na teologia, a partir da perspectiva da Sagrada Escritura e da Fé Reformada.
  5. A habilidade para abordar as afirmações e as preocupações do pensamento filosófico, ideológico e religioso tanto com uma apologética cristã fundamentada na Escritura quanto com uma expressão relevante da proclamação cristã.
  6. A capacidade para aplicar seus insights doutrinários de maneira sábia e prática à vida cristã e a um mundo em grande necessidade.
Atitudes
As ofertas de cursos do departamento devem ser planejadas para proporcionar aos estudantes as oportunidades para crescimento e desenvolvimento nas seguintes atitudes do coração:

  1. Reverência pelas Sagradas Escrituras como a Palavra de Deus para nós vinda dos céus, como a fonte instrutiva final e como a norma para a fé e vida.
  2. Prontidão constante para ver o reino de Deus e os pactos como a chave hermenêutica para entender as Sagradas Escrituras.
  3. Apreciação por sua herança Reformada.
  4. Perseverança em seu esforço para crescer como um teólogo sistemático.
  5. Respeito pelas obras de outros que têm se dedicado à tarefa da Teologia Sistemática, como Agostinho, João Calvino, Francis Turretin, Charles e A. A. Hodge, William G. T. Shedd, James Henley Thornwell, Robert Lewis Dabney, Herman Bavinck, Benjamin B. Warfield e John Murray.
  6. Temor como aquele a quem tem sido concedido o grande privilégio de estudar “as insondáveis riquezas de Cristo” reveladas nas Sagradas Escrituras.
  7. Sobriedade como aquele que foi chamado para pregar a Palavra de julgamento de Deus como um homem moribundo a homens moribundos.
  8. Alegria como aquele que foi chamado para proclamar a Palavra da graça de Deus a todas as pessoas.
  9. Mansidão como aquele que reconhece que também tem de viver de acordo com a Palavra que ele estuda e aplica às vidas de outros.
  10. Humilde confiança em Deus para todas essas coisas, com a perpétua oração de que o favor do Senhor repouse sobre ele e confirme a obra das suas mãos (Salmo 90.17).
Para implementar com sucesso essa visão do departamento de Teologia Sistemática, os professores no departamento devem ser modelos para seus estudantes nessas áreas. Se possível, em adição às suas realizações acadêmicas, eles devem ter adquirido alguma experiência pastoral.

Por meio da sua exibição pessoal do fruto do Espírito diante de todos os homens, por seu amor e pelo cuidadoso manuseio da Santa Escritura na sala de aula e no púlpito, por seu próprio e contínuo desenvolvimento acadêmico, por seu relacionamento pessoal e profissional com seus colegas, por sua preocupação sincera pela Igreja de Cristo e pelo perdido, e pela confiança no Senhor de todas as coisas, professores no departamento devem desafiar seus estudantes a se tornarem homens e mulheres que serão capazes de treinar outras pessoas para andarem com Deus, para interpretar e comunicar a Palavra de Deus e para conduzir o povo de Deus no século 21 ou até ao retorno de Cristo em grande poder e glória.

FONTE: Robert L. Reymond. Contending for the Faith: Lines in the Sand that Strengthen the Church. Geanies House, Scotland: Mentor, 2005. pp. 113-116.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...